top of page

A Diretora que deixou o Elo Social e ganhou nova chance mediante a sua coragem e determinação

"É muito gratificante para nós que estamos na direção de um projeto tão grandioso como é o Elo Social, ter a oportunidade de impactar positivamente uma profissional como a Valdirene.

Outros na situação dela estariam chorando pelos cantos e culpando o mundo, mas ela não, ao contrário, teve garra para transformar em oportunidade aquilo que na realidade poderia ter se tornado mais uma derrota em sua vida, que se diga de passagem não estava em seu melhor momento.

Quando somos obrigados a convidar pessoas a deixar o nosso projeto, ficamos muito tristes, mas entendemos que muitos não podem mesmo continuar por falta de interesse de estudar. Veja a viravolta que a Valdirene deu após com muita humildade e força de vontade se dedicar a ampliar seus conhecimentos

Parabéns, você se tornou para nós um exemplo de superação e hoje temos muito orgulho de ter você conosco".


Diretora Cida Gracietti

"Quando a tempestade chegar ajuste as velas"

Há muitas conceituações a respeito de uma atitude impulsiva: a ansiedade, o imediato, e até mesmo zona de conforto (e era este lugar que eu estava, lugar onde NADA acontece), esperando cair do céu meu contrato com o FES, uma dessas conceituações me levou a um questionamento infeliz e inapropriado, o qual revelou meu despreparo e "pouco" saber sobre o projeto.

Tais sentimentos é próprio do ser humano globalizado, acostumado a receber respostas "prontas", este foi o meu erro grave que conduziu a atitude correta da Diretora Nacional Sra. Cida Gracietti, que me convidou a sair do projeto pelo meu despreparo.

Um sonho foi perdido! A esperança de dias melhores também!

Optei pela humildade e fui ao encontro da Diretora Nacional Cida Gracietti para uma conversa. Como resultado da conversa, foi-me facultado uma tarefa e caso eu a cumprisse com excelência, seria readmitida.

Sim, uma tarefa!

-Qual?

-Estudar.


Prontamente fui cumprir a tarefa, me dispus a estudar o projeto, pesquisar, ler, assistir a todos os vídeos e entrevistas, elaborei resumos, anotações, entre conversas paralelas com a Diretora Nacional, e em menos de 24 (vinte e quatro) horas, já estava apta, dominava tudo o que anteriormente não tinha conhecimento. Assumi, naquele momento, minha crença na resiliência, que é a capacidade de mudança, de se adaptar à má sorte, resiliência que desde sempre é intrínseca ao meu ser, juntamente a uma fé inabalável, que fez emergir "a fera que caça para sustentar sua prole".

O que trago é a experiência de "fim do túnel", do despreparo, no qual se transformou em "luz", primeiramente pela humildade que tive, e, posteriormente, pela boa vontade de uma Diretora disposta a dialogar.

Vergonha pelo ocorrido?

- Não! Gratidão, sim! Pois, de um mal foi tirado um bem maior.

Não haveria necessidade de passar por tal experiência, se eu tivesse seguido as orientações dadas desde o curso de cidadania.

Após toda essa dinâmica e experiência, entre as conversas com a Diretora Nacional Sra. Cida Gracietti, permitiu-me externar saberes, competências e disponibilidade em ajudar. Diante do exposto, fui convidada a estar em parceria com a Luciana Moura, Diretora Estadual da Federação Elo Social do RJ, responsável pelas mídias, agregando conhecimentos.

Este texto é a primeira atividade dessa parceira, sendo um testemunho e, concomitantemente, um alerta aos demais diretores, que serve de prevenção a futuros convites de exclusão.

Fica o aprendizado e o alerta.

Quando tudo parecer ir contra você, lembre-se que o avião decola contra o vento e não a favor dele!

Adiante e avante!!




Redação: Sra. Cida Gracietti – Diretora Nacional da Confederação do Elo Social Brasil e Valdirene Manhães - Diretora Regional de São Pedro da Aldeia da Federação do Elo Social RJ

Revisão e Edição: Luciana Moura - Diretora Estadual da Federação do Elo Social RJ

394 visualizações4 comentários

4 Comments


"Errar é humano , perdoar é necessário, e correr atrás daquilo que realmente queremos é uma obrigação." Cada um de nós pode ser a peça-chave para a transformação e evolução do outro. Ressalta-se, porém, que, houve um acerto ao recontratar a "DIRETORA". Ademais, houve uma lição de humildade e sensibilidade no caso ora analisado!

Like

vilma breda
vilma breda
Apr 07, 2019

Acredito, que não,há vitoria sem luta, esse testemunho serve para acreditar que todos nós somos capazes de trasformar, para que haja progresso,é preciso ter foco e determinação,tudo que almejamos , seja pessoal ou profissional temos que adquirir conhecimento,

impoderamento e dedicação para que tenhamos sucesso em todos os aspectos da nossa vida , só depende de nós, "todos nós somos trasformadores" basta se dedicar e acreditar em você assim como a Valdirene, grande licao, parabéns pela matéria .

Like

Esse texto merece uma boa reflexão. Não só pelo Elo Social mas para nossas vidas. Eu espero que muitos que ainda não acreditam no projeto, ou estejam em suas zonas de conforto com relação a esse grandioso Projeto que está sendo oportunizado para todos Diretores, sem similaridade no Estado de Alagoas e em muitos outros Estados, onde como bem colocado "não temos respostas prontas" , acordem para esse "prêmio" antecipado que está sendo dado a nós. Entendo que gratidão e humildade por aqueles que estão tornando tudo isso possível já é um começo mas, nossa retribuição verdadeira é pela contribuição que podemos (e devemos) dar, desde já, com o que nos pedem porque, mesmo que lá na frente desistamos o…

Like

Maravilhoso testemunho, acredito que é o retrato de muitos diretores deste projeto, infelizmente só acordamos quando somos chamados, não tomamos iniciativa para mudança de comportamento!

Like
bottom of page